Sexta, Setembro 22, 2017

BRASO NOVO - 2015 e 2016

Este é o site da Paróquia do Rosário de
Campina Grande, Paraíba, Brasil

Através deste site, a ativa comunidade da paróquia interage, obtém informação e usufrui de serviços web voltados para a religiosidade que cerca suas atividades. Explore nosso site, começando pela página de nosso brasão, criado na comemoração do jubileu de 70 anos de existência da paróquia.

Conheça Nosso Brasão

Agenda é um recurso útil para quem não conhece a rotina da paróquia e para quem quer saber sobre eventos correlatos.

Nosso site agora apresenta uma agenda integrada com o Google, de modo a mostrar informações sobre atividades rotineiras e sobre eventos especiais de forma mais amigável e mais clara, inclusive com mapas dos locais associados.

Confira a Agenda

"Uma imagem vale por mil palavras."

O site da Paróquia do Rosário inovou na apresentação de suas fotos, facilitando o acesso às imagens e aprimorando o uso deste recurso.

Mais detalhes

dest_youtube

“Se uma imagem vale por mil palavras, quanto valerá um vídeo com uma mensagem valorosa?”

O site da Paróquia do Rosário passa a indicar sites de vídeos publicados no YouTube, com destaque para vídeos relacionados com a Igreja Católica e temas afins. Acesse nossa página de vídeos e veja o acervo que disponibilizamos para você.

Vídeos Recomendados

"Em uma sociedade cada vez mais digitalizada, devemos
seguir pelos mesmos caminhos do nosso rebanho para prosseguir a evangelização."

A Paróquia do Rosário marca sua presença no Twitter, para manter estreita a comunicação com os seus seguidores virtuais. Visite nossa página do Twitter e nos acompanhe nesta caminhada.

Visite nosso Twitter

"O dízimo é um ato de fé. É a prova de que acreditamos que tudo que temos vem de Deus."

Visite nossa página dedicada ao Dízimo, que é muito mais do que uma simples contribuição material para a sua comunidade religiosa.

Saiba Mais

"Nós temos os líderes que merecemos, pois somos nós, através do voto, que elegemos estes líderes.

A Igreja Católica tem uma posição muito bem definida quanto a importância do ato cívico de votar. O eleitor deve ter em mente a importância do sufrágio para o futuro dele, de sua família e da sociedade onde está inserido.

Leia Mais

CAPELA DA GUIA 100 ANOS - encerramento - CENTENRIO

Vídeo em Destaque

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3

SANTA MISSA EM SEU LAR

SANTA MISSA EM SEU LAR

PLAY - AOS SÁBADOS ÀS 19h30MIN (TV ITARARÉ)

Igreja no Brasil estimula cristãos à oração e à participação cidadã na Semana da Pátria

Igreja no Brasil estimula cristãos à oração e à participação cidadã na Semana da Pátria

No dia 7 de Setembro, data na qual oficialmente se comemora a independência política do Brasil, será realizado em todo país o 23º Grito dos Excluídos que, este ano, tem como lema “Por direitos e Democracia, a luta é todo dia” e tema “Vida em primeiro lugar”, pelos quais, segundo a Coordenação Nacional, quer chamar a atenção da sociedade para a urgência da organização e luta popular frente à conjuntura em que o país vive hoje.

Em coletiva de imprensa, realizada dia 31/08, na sede do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em São Paulo, o bispo emérito de Blumenau (SC), dom Angélico Sândalo Bernardino disse que o Grito acontece em um momento em que o país vive uma crise ética na política por parte dos governantes e autoridades. O bispo disse que os parlamentares estão de costas para o povo, não ouvem os gritos da população, sobretudo dos segmentos que estão à margem da sociedade.

O bispo, representante da Comissão Episcopal pastoral para a Ação social Transformadora da CNBB, afirmou que é necessário transparência na administração pública e punição aos corruptos. “O povo precisa voltar a ocupar as ruas de forma consciente e organizada para conquistar, defender e garantir seus direitos”, disse.

A representante da Coordenação Nacional do Grito dos Excluídos, Karina Pereira da Silva, lembrou que O Grito dos Excluídos vem se afirmando, a cada ano, como um processo de construção coletiva, de forma descentralizada. Ela disse que o ato tem seu ponto alto na semana da Pátria e no dia 7 de Setembro, mas que é precedido de ações em preparação e organização que vão desde seminários, palestras, rodas de conversa, audiências públicas, vigílias, celebrações, concursos de redação nas escolas.

Direitos ameaçados
alt

Leia mais...

liturgia

Quão saborosas são para mim vossas palavras, mais doces que o mel à minha boca” (Sl 118, 103)

“Vossa palavra é um facho que ilumina meus passos. E uma luz em meu caminho” (Sl 118, 105).

A Igreja no Brasil dedica todo o Mês de Setembro a Bíblia. Sem dúvida é uma iniciativa muito salutar. A motivação provém do fato da Igreja celebrar no dia 30 de setembro a memória do grande santo e doutor da Igreja, São Jerônimo, que a pedido do Papa Dâmaso (366-384) preparou uma excelente tradução da Bíblia em latim, a partir do hebraico e do grego; a chamada Vulgata. Foi um trabalho gigantesco que demandou cerca de 35 anos nas grutas de Belém, onde ele realizava esse ofício, vivendo uma austera vida de oração e penitência. São Jerônimo dizia que quem não conhece os Evangelhos não conhece Jesus.

altSão Jerônimo (347-420), chamado de “Doutor Bíblico”, nasceu na Dalmácia e educou-se em Roma; é o mais erudito dos Padres da Igreja latina; sabia o grego, latim e hebraico. Viveu alguns anos na Palestina como eremita. Em 379, foi ordenado sacerdote pelo bispo Paulino de Antioquia; foi ouvinte de São Gregório Nazianzeno e amigo de São Gregório de Nissa. De 382 a 385 foi secretário do Papa São Dâmaso. Pregava o ideal de santidade entre as mulheres da nobreza romana (Marcela, Paula e Eustochium) e combatia os maus costumes do clero. Na figura de São Jerônimo destacam-se a austeridade, o temperamento forte, o amor a Igreja e à Sé de Pedro.

Conhecer a Palavra de Deus é fundamental para todo cristão. A Carta aos hebreus diz que “a Palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes, e atinge até à divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4,12).

 

Jesus conhecia profundamente a Bíblia e a citava. Isso é o suficiente para que todos nós façamos o mesmo. Na tentação do deserto ele venceu o demônio lançando em seu rosto, por três vezes, a santa Palavra. Quando o tentador pediu que Ele transformasse as pedras em pães, para provar Sua filiação divina, Jesus lhe disse: “O homem não vive só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Senhor” (Dt 8,3c).

Quando o tentador exigiu que Ele se jogasse do alto do templo, Jesus respondeu: “Não tentarás o Senhor; vosso Deus” (Dt 6,16a). E quando Satanás tentou fazer com que Ele o adorasse, ouviu mais uma vez a Palavra de Deus: “Adorarás o Senhor, teu Deus, e só a ele servirás” (Dt 6,13).

O demônio não tem força diante da Palavra de Deus lançada em seu rosto; por isso, cada um de nós precisa conhecer o poder dela. Jesus morreu rezando todo o Salmo 21: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” (Sl 21,2).

É preciso ler e estudar a Bíblia regularmente, todos os dias; aquecer a alma com um trecho dela; e saber usá-la nos momentos de dor, dúvida, angústia, medo, etc. Abra a Palavra, deixe Deus falar a seu coração. E fale com Deus; é a maneira mais fácil de rezar.

O Espírito Santo nos ensina essa verdade, pela boca do profeta Isaías; cuja boca tornou “semelhante a uma espada afiada” (Is 49,2):

“Tal como a chuva e a neve caem do céu e para lá não voltam sem ter regado a terra, sem a ter fecundado, e feito germinar as plantas, sem dar o grão a semear e o pão a comer, assim acontece à palavra que minha boca profere: não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado a minha vontade e cumprido a sua missão” (Is 55,10).

A palavra de Deus é transformadora, santificante. São Paulo explica isso a seu jovem discípulo Timóteo, com toda convicção:

“Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para persuadir, para corrigir e formar na justiça” (2Tm 3,16).

Leia mais...

PARÓQUIA DO ROSÁRIO – 77 anos

MATRIZ DO ROSÁRIO - 2017

É TEMPO DE CELEBRAR...

É TEMPO DE AGRADECER...

Em AÇÃO DE GRAÇAS, simbolicamente, colocamos no ALTAR da CELEBRAÇÃO os 77 ANOS DE PERSEVERANTE  e PROGRESSIVA CAMINHADA de FÉ desta parcela do  rebanho -   uma bonita rede de fieis seguidores do Evangelho:  missionários leigos, religiosos e religiosas, sacerdotes e bispos desfilam pela memória...

Indo e vindo estão os que embarcaram no “TREM DA VIDA” de nossas FAMÍLIAS e COMUNIDADES desta PARÓQUIA  do ROSÁRIO, desde a década de 1940.

Juntando-nos  a nossa Padroeira, a MÃE E RAINHA DO ROSÁRIO, e parafraseando o evangelista LUCAS, com a voz de milhares de fiéis,  cantamos: “O Senhor fez em nós maravilhas. Santo é o seu nome” (Cf. Lc 1,46)!

Nestes 77 anos de história da Paróquia do Rosário estão as marcas indeléveis de tantos  irmãos que se entregaram à MISSÃO nesta Igreja, construindo laços de amor e  de paz. Ao longo do caminho, gestos de bondade e generosidade... Ações pelo crescimento e desenvolvimento somaram-se a  sementes de ESPERANÇA, para a edificação do Reino de Deus no mundo.

É gratificante  reconhecer nossas marcas no cenário de tantos momentos bonitos da vida paroquial, com a partilha de reconhecimento a inúmeras lideranças religiosas e leigas... 

Assim nos reportamos aos colaboradores Padres, em forma de homenagem e de gratidão a todos os que fazem parte da valiosa história:

  • José Delgado, José Trigueiro e  Antonio Trigueiro (pioneiros) – 1940/1947 ;
  • Cristóvão Ribeiro da Fonseca – 1947/1968;
  • Itan Pereira da Silva e Gerôncio Vilar Pequeno – 1968/1969
  •  Genival Saraiva de França – 1969/1978 (1ª. Etapa);
  • Lourildo Soares da Silva e José Severino da Silva (Pe. Inaldo), 1978/1981 (1ª. Etapa)
  • Genival Saraiva de França (1981/2000) (2ª. Etapa)
  • José Rocha Cavalvanti Filho, Everaldo Galheira, Leudes, Sérgio Leite e Leonildo Pedro – Padres Passionistas.  (2000/2007);
  • Lourildo Soares da Silva, Eugênio Vital Pereira (2007/2014) (2ª. Etapa)
  • Márcio  Henrique M. Fernandes, Antônio Apolinário Sobrinho, Eugênio V. Pereira  e Isaías Rodrigues (2014 até os dias atuais).

As boas sementes da FÉ recebidas e transmitidas ao longo destes 77 anos germinaram, produziram frutos e nossos celeiros estão plenos...  Se hoje assimilamos e assumimos a MISSÃO de  CRISTÃOS e vivemos como IGREJA, se somos PEDRAS VIVAS do templo do SENHOR, é porque a “fé se assenta sempre sobre um edifício espiritual em permanente construção”. Tudo o que os  IRMÃOS que nos precederam viveram na autenticidade da sua fé, permanece como a nossa herança.

A herança que é, em outras palavras, o próprio EVANGELHO vivido em cada época. O Evangelho é sempre a resposta nova às aspirações mais profundas que habitam o coração humano em cada tempo. «Com a sua própria presença no meio de nós – dizia S. Ireneu – Cristo trouxe-nos toda a novidade».

É com a alegria do “Espírito Santo Renovador”  que celebramos, neste mês de agosto os aniversários da Criação  desta Paróquia e da Dedicação da Matriz, cujas datas guardamos:  15 de agosto – CRIAÇÃO em 1940 (77anos);  e DEDICAÇÃO também no dia 15 de agosto, no ano de 2010 (07 anos)   -     Domingo da Assunção de Nossa Senhora -  com a Liturgia sob a presidência  do Sr. Bispo diocesano à época, DOM JAIME VIEIRA ROCHA.

Leia mais...

SEMANA  da FAMÍLIA 2“Família, uma luz para a vida em sociedade” é o tema do subsídio Hora da Família 2017. Neste ano, a reflexão está em sintonia com o impulso da Igreja no Brasil para que seja percebida a importância das ações dos cristãos leigos e leigas na sociedade. O material, preparado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, por meio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), propõe os sete encontros da Semana Nacional da Família, Leitura Orante da Palavra e celebrações em família. “Desejamos que, ao refletir sobre os sete temas propostos, nossas famílias cresçam na harmonia e na disposição de Servir melhor a Deus sendo realmente uma luz para a sociedade”, espera o assessor nacional da Comissão para a Vida e Família da CNBB e secretário executivo da CNPF, padre Jorge Alves Filho. Os encontros para a Semana Nacional da Família, que neste ano será de 13 a 19 de agosto, são compostos de orações, cantos, momentos de escuta da Palavra de Deus e de partilha. Em cada um destes, a reflexão da temática é direcionada a partir de textos bíblicos, de trechos de documentos do Magistério da Igreja e de pequenas histórias.

Entre os documentos da Igreja dos quais os trechos foram extraídos, estão as exortações apostólicas Amoris Laetitia – sobre o amor na família, do papa Francisco, e Familiaris Consortio, de São João Paulo II; o Documento de Aparecida; o Catecismo; e o Documento 105 da CNBB “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade – sal da terra e luz do mundo”.

.................................................................................................

Nesta PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, em CAMPINA GRANDE (PB),   a SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA - Ano 2017 terá a seguinte  PROGRAMAÇÃO: 

 

TEMA : FAMÍLIA, UMA LUZ PARA A VIDA EM SOCIEDADE"
12 e 13/08/2017 - Abertura em todas as missas da Paróquia do Rosário (Padre Márcio e Padre Isaías)

14/08/2017 - (2a. Feira) Encontro de Casais na Capela da Guia, às 19h30

15/08/2017 - (3a. Feira) Encontros nos Grupos Pastorais - Local : Residência de um dos Componentes)

16/08/2017 - (4a. Feira) Encontro na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, às 19h30
Palestrante: Seminarista Rodolfo Lucena 
Tema: A FAMÍLIA: SERVIÇO CRISTÃO AO MUNDO

17/08/2017 - (5a.Feira) Encontros nos Grupos Familiares 
( Residências, condomínios e escolas)
18/08/2017 - (6a.Feira) Encontro na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, às 19h30
Palestrante: Padre Rachid 
Tema: O PERDÃO NA FAMÍLIA: FONTE DE RECONCILIAÇÃO E LIBERTAÇÃO

20/08/2017 - (Domingo) Encerramento
Caminhada das Famílias em missão.
Concentração na Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Catedral), a partir das 14h00
Deslocamento para a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no Bairro da Palmeira, a partir das 15h30
Celebração Eucarística , às 17h00

 

Leia mais...

alt

O sacerdócio é uma verdadeira mediação salvífica-sacramental que expressa através do seguimento peculiar de Cristo Bom Pastor - AFP

04/08/2017 11:56
 

 

 

 

 

 

 

 

Rio de Janeiro (RV) - O sacerdote é dom porque o seu ministério sacerdotal, desdobrado em conduta, serviços, vivências e posturas, é manifestação e concretização deste amor. O Padre, homem escolhido entre homens e constituído em favor de todos, é discípulo missionário servidor do povo de Deus. E sustentado pela contínua busca da santidade de vida, é facilitador desse indispensável e inadiável encontro pessoal com o Cristo vivo, levando todos ao reconhecimento e à sabedoria de pautar a sua vida tendo Deus como seu centro e fonte inesgotável do seu sentido. O sacerdote, por isso mesmo, faz anteceder às suas muitas tarefas no labor de cada dia a serviço do povo, anunciando o Evangelho, o cuidado e o compromisso com a condição do seu ser. É a santidade de vida que alavanca, fecunda e torna exitoso o serviço prestado na condição própria de sacerdote.

O sacerdócio é uma verdadeira mediação salvífica-sacramental que expressa através do seguimento peculiar de Cristo Bom Pastor. A consciência de eleição pessoal amorosa de Deus influenciará muito na vida e na espiritualidade do sacerdote. O ministério sacerdotal é um seguimento de totalidade, expressado em termos de pobreza, generosidade, associação esponsal e humidade (Sequela Christi).

Na realidade há um só Pastor: Nosso Senhor Jesus Cristo. E Ele é a fonte e o modelo dos demais pastores. A caridade pastoral é a nota característica do ministério sacerdotal como prolongação do autor e da disponibilidade de Cristo Pastor. A caridade que arranca uma consagração que se orienta para uma missão universal e que exige a imolação da própria vida. É o serviço pastoral como sintonia à proximidade e humilhação “Kenosis” (esvaziamento de si).

O modelo para todos os padres é sempre Cristo o Bom Pastor. Pouco a pouco o Senhor irá nos formando de tal forma que experimentaremos a alegria de senhor, através da Igreja, colocou para levarmos adiante no caminho da santidade. Um dos segredos de um bom pastoreio é justamente amar o povo que é Deus e, com Cristo, dar a vida por esse mesmo povo, à semelhança d’ Aquele que, entregando por nós Sua Vida, nos impulsiona para viver esse grande dom, que é também nossa grande alegria! Quanto mais estivermos empenhados nessa direção mais os nossos corações estarão imersos na experiência de Deus que nos ama e que nos convida a anunciar o Seu amor a todos na construção desse mundo novo.

 

Leia mais...

MISSAS NO ROSRIO - HORRIOS

papa

ADMINISTRADOR DIOCESANO

PADRE APARECIDO - FOTO COMPLETA

Mensagem da Semana

PADRE MRCIO HENRIQUE

ESPAÇO DE EVANGELIZAÇÃO

biblia

COMUNIDADE RAINHA DA PAZ

CAPELA RAINHA DA PAZ  foto

Meu Dia de Oração

oracao

Clima Tempo

 

CATEQUESE COM O PAPA

BRASO DO PAPA FRANCISCO

Visitantes On-Line

Nós temos 142 visitantes online

Contador de Visitas

01119022
 

Webmail

Rosário no Twitter

 

Acesso Restrito